Pode congelar queijo?

Pode congelar queijo?

O queijo é um dos principais alimentos de guarnição no nosso dia-a-dia. Podemos usar queijo para cozinhar, para condimentar pratos de massa, para fazer uma lasanha ou para servir como aperitivo, sem nada mais.

Embora seja certo que o queijo é delicioso, também é um pouco difícil de conservar em temperatura ambiente porque, devido à sua origem láctea, normalmente se estraga com facilidade. Por este motivo, cada vez é mais popular a ideia de congelar o queijo. Contudo, antes disso, é necessário saber como congelar queijo dependendo do queijo e o uso que você quer dar-lhe.

Pensando nisso, aqui no TudoReceitas vamos compartilhar tudo o que sabemos sobre se pode congelar queijo, que tipos de queijo são mais adequados para congelar e como se congela queijo. Descubra!

Pode congelar queijo fresco?

Não. Se a sua pergunta é quais queijos podem-se congelar e quais não, infelizmente o queijo fresco é tipo de queijo que mais deveria evitar no congelador. Pela sua textura macia e o alto conteúdo em soro, não suporta temperaturas tão baixas, provocando que o queijo se quebre, se dissolva e perda sabor e textura. Se você não tem outra opção de conservar esse queijo, seque-o levemente com papel absorvente e logo coloque dentro de um saco com fecho ou filme plástico e então deixe no congelador por até 3 meses.

Dentro do grupo de queijos frescos que não são recomendados para congelar, se destacam os seguintes:

  • Mozzarella
  • Ricotta
  • Mascarpone

Pode congelar queijo azul?

Os queijos azuis como o Roquefort ou o Gorgonzola, são queijos afetados por fungos e se consideram queijos semicurados. Não são queijos adequados para congelar, já que tendem a se espedaçar. Porém, se conservar a consistência do queijo não é tão importante, porque o queremos usar para preparar um molho por exemplo, então se pode congelar queijo azul sem problema.

Pode congelar queijo cremoso?

Não se recomenda congelar nenhum tipo de queijo de pasta mole,como o Camembert ou queijo Brie, devido à perdida de consistência no momento de descongelar o queijo. No caso dos queijos para untar ou queijos cremosos, como o Philadelphia, não é tão grave, já que durante a descongelação, ainda que percam alguma consistência, eles continuarão sendo aptos para untar. Assim, apesar da sua textura, o queijo cremoso se pode congelar.

Congelar queijo de cabra?

Como acontece com os anteriores, não se recomenda congelar queijo de cabra, como o chèvre, já que durante a descongelação quebraria e esfarelaria com facilidade. Não obstante, já que a taxa de umidade deste queijo é considerada média, este tipo de queijo não se danifica tanto como os queijos frescos após o congelamento. Por conseguinte, podemos congelar o queijo de cabra seguindo as indicações adequadas que compartilhamos no final do artigo.

Pode congelar queijo semicurado?

Os queijos semicurados são os que melhor suportam as baixas temperaturas e que, depois da descongelação, conservam o sabor e a textura praticamente intatos. Queijos como o Gouda, Gruyère ou Emmental são excelentes para conservar congelados num tempo máximo de 6 meses. Se podem conservar em bloques, ralados ou em fatias.

Pode congelar queijo curado?

Este tipo de queijo é caracterizado pela sua boa resistência ao clima em geral, sendo dos queijos que melhor se conservam em temperatura ambiente. Se podem congelar mas, dado a sua consistência dura e pouco maleável, é possível que se espedacem depois da descongelação, e também podem perder um pouco do forte aroma que os caracterizam.

Como congelar queijo?

Embora possa parecer fácil, congelar queijo não é tão simples se queremos conservar o sabor e o fantástico aroma. Além disso, cada queijo precisa de umas regras para evitar estragar o produto.

Queijo ralado

  1. Escolha o queijo que você quer congelar ralado. Nós recomendamos que sejam apenas queijos semicurados e curados;
  2. Rala o queijo com um ralador;
  3. Use um saco com fecho (ziplock) e encha com o queijo ralado deixando um espaço para retirar o ar do interior;
  4. Feche o saco perfeitamente tentando que fique totalmente plano; se o congelador tiver grelhas como prateleira, melhor usar um tabuleiro para colocar o queijo (assim ele não perderá a forma);
  5. Quando você quer usar o queijo, retire só a quantidade que você vai usar e não descongele o saco inteiro.

Bloque de queijo

  1. Corte em pedaços não maiores de 500 gramas, para que o processo de descongelação seja mais fácil;
  2. Envolva o pedaço de queijo em filme plástico e depois com papel de alumínio ou, se preferir, coloque num saco com fecho;
  3. Congele o queijo anotando a data do dia de congelação;
  4. Descongele a porção que você vai usar, transferindo o queijo do congelador para a geladeira algumas horas antes e, depois, deixado-o umas horas em temperatura ambiente.

Queijo em fatias

  1. Corte pedaços de papel manteiga do tamanho das fatias de queijo;
  2. Intercale o queijo com um pedaço de papel e amontoe um máximo de 10 fatias;
  3. Coloque o queijo num saco com fecho ou num recipiente para congelar e anote a data de congelamento nele;
  4. Quando quiser usar, retire as fatias com ajuda do papel manteiga.

O queijo nas suas distintas formas pode se conservar dentro do congelador por um máximo de 6 meses, se for guardado adequadamente. Não obstante, recomendamos consumi-lo antes dos 3 meses, descongelando unicamente a porção que você vai usar no momento. Da mesma forma, não deixe os queijos cremosos congelados por mas de 1 mês para evitar que a gordura presente nele se dilua e estrague o queijo.

Se gostou do artigo Pode congelar queijo?, sugerimos que entre na nossa categoria de Truques e t├ęcnicas.