Tipos de tapioca e como usar

Tipos de tapioca e como usar

A tapioca é um ingrediente polêmico: algumas pessoas têm a certeza do que é tapioca, enquanto outras defendem que tapioca pode ser várias coisas. Para esclarecer essa questão, aqui no TudoReceitas preparámos esta matéria completa sobre quais os tipos de tapioca e como usar cada um deles. Continue lendo!

Quando uma receita cita tapioca como ingrediente, surge a dúvida de qual o tipo de tapioca usar. Essa dúvida é válida porque, dependendo da região do Brasil em que você vive e do contexto, o produto 'tapioca' é diferente e recebe diferentes nomes. É importante conhecer os tipos de tapioca para saber qual o mais indicado usar e como confeccionar. Confira abaixo todos os detalhes.

O que é tapioca?

Antes de falar dos tipos de tapioca, é importante explicar qual é a definição genérica de tapioca. Um documento emitido pelo Ministério da Agricultura1 refere que tapioca é um produto derivado da raiz da mandioca que, "conforme processo de fabricação, se apresenta sob forma de grânulos irregulares, poliédricos ou esféricos". Analisando esses grânulos, a tapioca é classificada em dois subgrupos:

  • Tapioca granulada (flocos granulados de tapioca): produto sob forma de grânulos poliédricos irregulares, de diversos tamanhos;
  • Tapioca pérola ou sagú artificial (pérola de tapioca): produto sob forma de grânulos esféricos irregulares, de diversos tamanhos.

Por outro lado, o portal 'Tudo Sobre Tapioca'2 defende que tapioca é aquele lanche de frigideira que você prepara com goma de mandioca e recheia com queijo, presunto e outros ingredientes a gosto - também chamado de beiju de tapioca.

  • Confira esta receita de tapioca na frigideira para entender melhor do que estamos falando.

Tipos de tapioca

Neste artigo do TudoReceitas queremos esclarecer relativamente aos seguintes tipos de tapioca:

  1. Tapioca (goma de mandioca)
  2. Tapioca granulada (farinha granulada)
  3. Tapioca pérola (pérola de tapioca ou sagu)
  4. Farinha de tapioca seca

Tapioca (goma de mandioca)

Algumas embalagens de goma de mandioca têm escrito 'tapioca' em letras grandes, o que gera confusão e leva à ideia de que o nome do produto é tapioca quando, na verdade, esse é o nome da receita. Por isso os termos "goma de tapioca", "massa de tapioca", "tapioca hidratada" e "farinha de tapioca" significam o mesmo que goma de mandioca.

O nome correto para tapioca é goma de mandioca. A goma de tapioca, também chamada de goma fresca de mandioca, é amido de mandioca (o mesmo que fécula de mandioca ou polvilho doce) ao qual se adiciona um pouco de água, por vezes sal também, e deixa-se descansar até formarem-se "blocos". Esses blocos são peneirados, resultando na goma de mandioca usada para fazer tapioca na frigideira.

  • É possível fazer goma de mandioca com polvilho doce em casa. Confira esta receita de tapioca com polvilho doce.

Conselhos: A goma de mandioca não pode ser usada no preparo de bolos, pudins e cuscuz.

Tapioca granulada (farinha granulada)

A tapioca granulada é o mesmo que tapioca quebrada, tapioca flocada e farinha granulada. É fácil de distinguir da goma de mandioca porque se apresenta em grãos de tapioca irregulares e durinhos. Na verdade ela é um subproduto da goma de mandioca, produzida através de um processo que consiste em esquentar a goma de mandioca em um tacho quente, remexendo até secar e "estourar", ficando durinha.

Ao hidratar tapioca granulada ela expande e adquire uma textura gelatinosa, sendo indicada para preparar receitas de bolos, pudins, cuscuz, mingaus, papas, dadinhos de tapioca e empanados. Veja estas receitas com tapioca granulada:

  • Cuscuz doce com tapioca granulada
  • Pudim de tapioca granulada light
  • Bolo de tapioca granulada gelado

Conselhos: Este tipo de tapioca não pode ser usado no preparo da tapioca de frigideira.

Tapioca pérola (pérola de tapioca ou sagu)

O segundo tipo de tapioca reconhecido pelo Ministério da Agricultura é a tapioca pérola, também chamada de pérola de tapioca e sagu. Tal como o nome indica, este produto, feito de fécula de mandioca3, consiste em grãos de tapioca durinhos e regulares, em forma de bolinhas semelhantes a pequenas pérolas.

Da mesma forma que acontece com a tapioca granulada, ao hidratar a tapioca pérola ela expande e adquire uma textura gelatinosa. No entanto não é indicada para o preparo de bolos, pudins nem cuscuz, mas sim de doces de tigela e bebidas. Confira estas receitas com tapioca pérola:

  • Doce de tapioca granulada
  • Sagu de leite simples
  • Sagu com vinho
  • Pipoca de sagu no microondas
  • Chá de tapioca para emagrecer

Farinha de tapioca seca

Para além dos tipos de tapioca citados acima, existe ainda a farinha de tapioca seca que algumas pessoas confundem com goma de tapioca. Na verdade a farinha de tapioca é o mesmo que fécula de mandioca ou polvilho doce, apenas recebe esse nome noutras regiões do Brasil.

A farinha de tapioca é uma farinha muito fina e branca, semelhante a amido de milho. É uma farinha sem glúten e, por isso, é usada como substituta da farinha de trigo em várias receitas de pão e bolo sem glúten, além dos tradicionais biscoitos de polvilho e pão de queijo. Confira estas receitas com farinha de tapioca:

  • Biscoito de polvilho doce frito
  • Bolacha de nata com polvilho
  • Bolo de polvilho doce assado
  • Bolo de cenoura com polvilho doce

Se gostou do artigo Tipos de tapioca e como usar, sugerimos que entre na nossa categoria de Conselhos de compra.

Referências
  1. http://sistemasweb.agricultura.gov.br/sislegis/action/detalhaAto.do?method=visualizarAtoPortalMapa&chave=1141329604
  2. http://tudosobretapioca.com.br/goma-de-tapioca-o-que-e/
  3. http://www.jundiaqui.com.br/geral/o-plantador-de-sagu/