Chimarrão gaúcho de erva mate

Chimarrão gaúcho de erva mate

O chimarrão é a bebida-símbolo dos gaúchos! É aquela bebida que não precisa de horário para ser apreciada, mas certamente existem horários que você sempre o verá na mão de alguém: no alvorecer do dia, antes mesmo do café da manhã, muitas vezes enquanto o almoço não sai, e o final do dia também é horário favorito dos gaúchos para aquela mateada, como chamamos. Chegar em casa do trabalho, preparar um chimarrão e relaxar é uma prática costumeira por aqui.

Mas o que é, afinal, o chimarrão gaúcho? É um legado dos Índios, uma bebida de infusão feita com folhas e ramos secos triturados da erva-mate. Para isso usamos uma cuia (recipiente em que é preparado o chimarrão), a bomba, a erva, água em temperatura adequada e a bomba, para beber o chimarrão.

A montagem do chimarrão varia de pessoa para pessoa, pois cada um tem seus truques para preparar o seu chimarrão - mas o mais importante é a temperatura da água! Aqui no TudoReceitas compartilho todas as dicas de como fazer chimarrão gaúcho de erva mate. Siga lendo e descubra a receita de chimarrão gaúcho original!

1 convidado 10m Café da manhã Dificuldade muito baixa
Características adicionais: Custo econômico, Receitas do Brasil
Ingredientes:
  • Utensílios:
Como fazer Chimarrão gaúcho de erva mate:
1

Aqueça a água até que ela atinja 70 graus - a água precisa estar quente, porém não pode ferver, pelo que essa é a temperatura máxima que a água deve atingir. Quando a água começar a "chiar", você sabe que é o momento de desligar o fogo e preparar o chimarrão! Coloque a erva na cuia até um pouco mais da metade da sua cuia.

2

Com uma mão tampando parcialmente a boca da cuia, incline a cuia de modo que a erva suba até à superfície do recipiente. A mão também ajuda a segurar a erva no momento em que inclina a cuia.

3

A erva deverá ocupar toda a metade da cuia, de cima a baixo, como na foto! Delicadamente volte a cuia à posição inicial, em pé, e alise a superfície da erva com as mãos.

4

Neste momento, acrescente delicadamente um pouco da água quente, somente até a metade da cuia. Enquanto isso, já encaixe a bomba de chimarrão, de modo que a bomba fique submersa por uma parte da erva, que ajudará a segurá-la. Espere cerca de 1 a 2 minutos para que a erva hidrate e firme a bomba.

5

Agora é só completar o restante da cuia com a água quente e começar a degustar o seu chimarrão! Caso a sua estreia na montagem do chimarrão não tenha sido tão boa, não desanime, continue praticando, pois a prática te levará a fazer um chimarrão cada vez mais bonito e saboroso!

6

Experimente e diga nos comentários o que você achou desta receita de chimarrão de erva-mate. E, se você gosta da culinária do Sul, não hesite em conferir também estas receitas gaúchas:

  • Entrevero gaúcho no pão
  • Mandolate caseiro com mel
  • Ambrosia tradicional gaúcha

Se você gostou da receita de Chimarrão gaúcho de erva mate, sugerimos que entre na nossa categoria de Chá. Também pode visitar uma lista com as melhores receitas brasileiras.

Qual o significado do chimarrão para os gaúchos?

O chimarrão é a bebida-símbolo dos gaúchos e sinônimo da hospitalidade e da amizade do povo gaúcho. Toda vez que o gaúcho recebe alguém de outro estado, é orgulho oferecer uma "rodada" ou uma prova de um bom "mate amargo", outro nome dado ao chimarrão.

Aos finais de semana, nas reuniões entre amigos, são muito comuns as rodadas de chimarrão, onde a cuia (recipiente em que é preparado o chimarrão) passa de mão em mão, enquanto a conversa rola solta. O chimarrão gaúcho está nos consultórios, nos escritórios, dentro dos ônibus, dentro dos carros, na beira da praia, na caminhada na praça... ele faz parte da rotina de maioria dos gaúchos! Hotéis, restaurantes e praças estão habituados a fornecer água quente sempre aos visitantes, de tão comum que é o hábito de chimarrear.