Nutrição e saúde

Tipos de óleo vegetal para cozinhar

 
Equipe TudoReceitas
Por Equipe TudoReceitas, Equipe do TudoReceitas. Atualizado: 27 outubro 2023
Tipos de óleo vegetal para cozinhar

O óleo vegetal é indispensável em qualquer cozinha! Na hora de preparar um prato, seja fritando uma carne ou quitute, refogando um alimento ou até temperando uma salada, precisamos do óleo. Ah, eles também mudam completamente o sabor da refeição, deixando-a muito mais gostosa!

O Tudo Receitas vai explicar todos os tipos de óleo vegetal para cozinhar para você!

Os óleos vegetais são gorduras extraídas de sementes, raízes, frutos ou flores, dependendo da variação: girassol, canola, gergelim, coco, azeite de oliva, coco, etc. Apesar das similaridades, alguns são mais saudáveis e benéficos do que outros, tendo algumas peculiaridades na preparação de receitas. Vamos conhecer um pouco mais sobre os tipos de óleos vegetais para entender qual é o ideal em cada ocasião?

Também lhe pode interessar: Tipos de creme de leite

Índice

  1. Óleo de Girassol
  2. Óleo de Soja
  3. Óleo de Canola
  4. Óleo de Gergelim
  5. Óleo de Coco
  6. Óleo de Abacate
  7. Óleo de Linhaça
  8. Óleo de Milho
  9. Azeite de Oliva
  10. Óleo de Dendê
Ver mais >>

Óleo de Girassol

O óleo de girassol, extraído das sementes dessa flor, é bem comum nas cozinhas do Brasil.

Como benefícios, o óleo de girassol tem vitamina E e propriedades antioxidantes, que retardam o envelhecimento precoce, além de reduzir doenças cardiovasculares e o colesterol.

No entanto, há estudos que mostram que quando aquecido a mais de 190°C, o óleo de girassol solta componentes tóxicos para a saúde, e isso ocorre, geralmente, na fritura de certos alimentos.

Tipos de óleo vegetal para cozinhar - Óleo de Girassol

Óleo de Soja

O óleo de soja é muito usado no Brasil. Ele costuma ser utilizado em frituras por imersão, porque é resistente a altas temperaturas, tendo um ponto de fumaça acima de 240°C. Recomendamos o uso do óleo de soja para grelhar e fritar, já que ele não libera substâncias tóxicas facilmente.

Como benefícios, esse óleo possui gorduras poli-insaturadas, que contribuem com o aporte de ômega-6; e tem ácidos que fortalecem os ossos e reduzem os níveis de triglicerídeos.

    Quer aprender algumas receitas para utilizar esse óleo e ter uma frita perfeita? Vem ver essas que separamos para você:

    Óleo de Canola

    Mais um óleo indicado para frituras, com sabor neutro e baixíssimo teor de gorduras! O óleo de canola é proveniente do cultivo da colza - ou couve-nabiça - uma planta pertencente à família dos repolhos.

    Considerado um tipo nobre pelo menor teor de gorduras saturadas, ele pode ter o preço mais elevado, quando comparado aos demais.

    Como benefício, esse óleo é rico em gorduras mono e poliinsaturadas, que ajudam a controlar o colesterol, melhorar a saúde do coração e prevenir diabetes.

    Tipos de óleo vegetal para cozinhar - Óleo de Canola

    Óleo de Gergelim

    O óleo de gergelim é muito comum no preparo de refeições no Leste Asiático, por causa de seu sabor notável.

    É um óleo resistente à oxidação, e fica muito bem em saladas cruas, legumes cozidos, assados ou refogados.

    Também é rico em gorduras mono e poli saturadas, o que contribui para a saúde cardiovascular e o controle do colesterol.

    Óleo de Coco

    O óleo de coco, nos últimos anos, tem sido o queridinho na alimentação, por causa de seus benefícios e acessibilidade.

    Esse óleo suporta bem temperaturas elevadas, podendo ser utilizado em frituras, mas também em saladas e em comidas frias (mas atenção, porque ele fica sólido em temperaturas ambientes, ficando líquido no calor).

    Entre os inúmeros benefícios, o óleo de coco melhora a imunidade do organismo, contribui para a saúde do coração, controla o colesterol, e dá a sensação de saciedade.

    No entanto, ele tem um sabor mais marcante, combinando melhor com risotos, tortas e doces, do que em carnes.

    Veja aqui como preparar o seu óleo de coco caseiro.

    Tipos de óleo vegetal para cozinhar - Óleo de Coco

    Óleo de Abacate

    O óleo de abacate é muito querido entre os chefs de cozinha, porque é bem versátil e resistente a altas temperaturas (o seu ponto de fumaça é acima de 270°C).

    Com um sabor mais característico e coloração esverdeada, ele fica muito bem em molhos, saladas e massas.

    Também é muito indicado para a saúde, porque tem alta concentração de vitamina A, vitamina E e propriedades antioxidantes. Entre seus benefícios: contribuição para a prevenção do envelhecimento precoce, proteção do coração de doenças cardiovasculares, ajuda a reduzir o colesterol ruim, melhora a pele e o cabelo, e evita o Alzheimer. Basicamente, o óleo de abacate pode ser considerado um alimento funcional.

    Óleo de Linhaça

    Extraído das sementes de linhaça, este óleo se destaca por possuir Ômega 3 e 6 em sua composição, que são importantes para a saúde do coração e colaborar na redução do colesterol e do triacilglicerol.

    O seu sabor é delicado e cai muito bem em saladas, molhos, vinagretes, sopas e cremes, não sendo o ideal para aquecer e preparação de frituras.

    Tipos de óleo vegetal para cozinhar - Óleo de Linhaça

    Óleo de Milho

    O óleo de milho é uma boa opção para a cozinha no geral, como frituras e refogados, e, principalmente, para confeitaria, panificação e preparo de doces, onde costuma ser o queridinho.

    Ele é fonte de vitamina E e Ômega-6, que traz benefícios para controlar os níveis de colesterol e combater o envelhecimento precoce, no entanto, é um pouco mais calórico que os demais.

    Tipos de óleo vegetal para cozinhar - Óleo de Milho

    Azeite de Oliva

    Com certeza, é o óleo vegetal mais conhecido! O azeite é um óleo vegetal extraído da azeitona, o fruto da oliveira. É um símbolo da culinária da região mediterrânea, e presente atualmente nas cozinhas de todo mundo.

    Perfeito para temperar saladas, incrementar a pizza e massas, grelhar, assar ou refogar – muito mais indicado do que o óleo de girassol, por exemplo.

    O azeite também é conhecido por ser um alimento altamente funcional, porque possui propriedades antioxidantes, que ajudam a retardar o envelhecimento, propriedades anti-inflamatórias, previne doenças cardiovasculares, e reduz o colesterol, entre outros benéficos.

    Óleo de Dendê

    Comum na culinária da região Nordeste, o óleo de dendê vem da influência da cultura africana.

    Esse óleo de coloração avermelhada também é conhecido como óleo de palma, uma palmeira originária da África, que se adaptou muito bem no litoral da Bahia.

    Por causa de seu sabor forte e singular, o óleo de dendê é muito usado em receitas típicas de origem africana, e comuns na Bahia: vatapá, bobó de camarão, caruru, etc., assim como em saladas.

    Se gostou do artigo Tipos de óleo vegetal para cozinhar, sugerimos que entre na nossa categoria de Nutrição e saúde.

    Escrever comentário

    O que lhe pareceu o artigo?
    1 de 6
    Tipos de óleo vegetal para cozinhar