menu
Partilhar

Queijos para comer com vinho

 
Por Julia Latorre, Redatora e editora no TudoReceitas. 26 abril 2021
Queijos para comer com vinho

Queijos e vinhos são uma combinação de sucesso Brasil afora que aportam sofisticação e romantismo e podem ser um menu tanto de uma ocasião mais íntimo, quanto de um evento maior ou um aperitivo. Tamanho é o sucesso do casamento entre esses dois ingredientes que a harmonização é uma tema cada vez mais requisitado para conseguir montar o cardápio perfeito.

Foi pensando em facilitar a vida de quem só quer desfrutar de uma boa combinação de queijos e vinhos que neste post do TudoReceitas descomplicamos e damos as nossas dicas de queijos para comer com vinhos, seja de acordo com a intensidade sentida no paladar ou com o tipo de uva. Parece que eles foram feitos um para o outro, separe o abridor e a sua taça de vinho preferida e boa leitura!

Também lhe pode interessar: Fondue de queijo fácil

Vinhos e queijos: quantidades e dicas para harmonizar

Independente do tipo de queijo ou vinho, essas dicas servem para quem quer organizar uma noite de queijos e vinhos e não sabe por onde começar:

  • Se os queijos serão o foco do evento, escolha de 4 a 6 variedades que combinem com os vinhos servidos.
  • Se os queijos serão servidos apenas como aperitivos, apostes em opções mais leves para que os mais pesados não tirem o apetite para o prato principal.
  • Em caso de menu degustação, sirva primeiro os queijos mais suaves e por último os mais fortes, para que não roubem o paladar.
  • Retire o queijo da geladeira sempre 1 hora de antes de servi-los.
  • Para uma apresentação caprichada, jogue com os tipos de cortes e seus tamanhos. Isso também ajuda a identificá-los.
  • Para agradar a todos e todas, se você sabe que vai receber pessoas intolerantes à lactose ou veganas, por que não apostar em uma tábua de queijos veganos com opções livres de ingredientes de origem animal?

Quantidades para noite de queijos e vinhos

Assim como no caso das tábuas de frios, as quantidades calculadas para montar uma noite de queijos e vinhos são:

  • 150 g de queijo por pessoa: se o cardápio inclui outros petiscos e aperitivos ou é apenas a entrada;
  • 300 g queijo por pessoa: caso o plano seja servir exclusivamente uma combinação para uma noite de queijos e vinhos;
  • 150 g de pão por pessoa:
  • 1 garrafa de vinho para cada duas pessoas.
Queijos para comer com vinho - Vinhos e queijos: quantidades e dicas para harmonizar

Como escolher um queijo para comer com vinho

A combinação de queijos e vinhos que sempre é infalível é aquela que você tem vontade de experimentar e que agrada o seu paladar, mas se você quer apostar na harmonização de queijos e vinhos (tintos, brancos, rosés ou espumantes), existem algumas fusões clássicas que consideram a nuance de sabores e os processos de fabricação tanto do queijo, quanto do vinho.

Para deixar essa missão a mais fácil possível, a ideia é que você se baseie unicamente pelo seu paladar identificando se o vinho é mais suave, adocicado, encorpado ou seco. Uma vez vez que você saiba isso (a partir da sua degustação ou da própria garrafa) essas são as nossas dicas:

Queijo para comer com vinho tinto seco

O vinho tinto seco, também conhecido como vinho de mesa, concentra no máximo 5 gramas de açúcar por litro, o que caracteriza o sabor menos adocicado. Aqueles queijos de sabores mais marcantes harmonizam bem e não disputam atenções. Algumas opções são:

  • Queijo meia cura;
  • Queijo parmesão;
  • Queijo roquefort ou azul;
  • Queijo gorgonzola;
  • Provolone;
  • Queijo seco de ovelha.

Qual queijo combinar com vinho tinto suave?

Já os vinhos tintos suaves são aqueles que concentram até 20 gramas de açúcar por litro e pedem queijos mais suaves ou frescos. Você pode harmonizar com queijos do tipo:

  • Cottage;
  • Cream cheese;
  • Queijo fresco;
  • Requeijão (cremoso ou de cortar);
  • Queijo prato;
  • Mussarela de búfala;
  • Mussarela de nozinho;
  • Trança de mussarela ;
  • Ricota;
  • Queijos temperados (com pimenta e outras especiarias);
  • Provolone;
  • Queijo minas meia cura.

Queijo para comer com vinho doce

Há quem prefira os vinhos doces (como o vinho do Porto, por exemplo) unicamente para harmonizar com a sobremesa, mas é verdade que existem outras opções que também de queijos potentes que também combinam com os vinho mais adocicados:

Queijo para comer com vinho rosé

O vinho rosé é uma opção mais leve entre o branco e o tinto lembrado pela sua leveza e ousadia. Por ser associado a momentos de descontração e aperitivos, seus acompanhamentos podem ser criativos e surpreendentes:

Harmonização de queijos e vinhos espumantes

A leveza dos espumantes faz com que sejam associados a situações de petiscos, aperitivos e comemorações, por isso. Tanto os queijos mais encorpados, quanto aqueles mais suaves são uma combinação infalível, tudo vai depender dos complementos. Algumas opções são:

  • Queijo brie que, por sinal, acompanha muito bem a geleia de damasco;
  • Cream cheese (sugerimos a nossa receita caseira);
  • Queijo de cabra;
  • Queijo fresco de ovelha;
  • Queijo fresco de vaca;
  • Mussarela de búfala;

Queijos para comer com vinho branco

O vinho branco pode ser doce, encorpado, suave, seco e os tipos de queijos ideais também podem ser selecionados de acordo com a intensidade da garrafa.

  • Vinho branco seco: gorgonzola, camebert, gouda e brie;
  • Vinho branco doce: queijos fortes mais fortes como o roquefort, gorgonzola ou parmesão;
  • Vinho branco encorpado: queijos suaves, tipo brie, queijo de cabra ou curado;

Queijos para comer com vinhos de acordo com o tipo de uva

Se você é fin@ e passeia pelo mundo dos vinhos se guiando pelo tipo de uva ao invés de se guiar pela intensidade do sabor de cada vinho, pode ser que se pergunte qual queijo combina com vinho Cabernet Sauvignon, por exemplo. Por mais óbvia que seja, a dica de ler o rótulo de cada garrafa é infalível. Em muitas delas você encontra recomendações precisas de combinações para aquele tipo de uva e sua maturação.

Mesmo assim, aqui no TudoReceitas deixamos as nossas sugestões de queijos para comer com vinhos segundo o tipo de uva:

  • Barbera: queijo brie, queijo fresco, ricota, mussarela.
  • Bordeaux: queijo suíço
  • Cabernet Sauvignon: brie, cheddar, edam, queijo azul, camembert;
  • Cabernet Franc: mussarela e provolone;
  • Champanhe: edam, brie,
  • Chardonnay: brie, ricota, mussarela;
  • Chianti: parmesão;
  • Malbec: gouda, edam, queijo meia-cura ou curado;
  • Merlot: gouda;
  • Pinot Grigio: queijo de cabra, mussaerela, edam ou ricota;
  • Pinot Noir: feta, queijo azul ou suíço;
  • Riesling: gouda, queijo azul, brie, roquefort
  • Sauvignon blanc: queijo de cabra, mussarela ou gruyere;
  • Tannat: parmesão, emental, provolone, queijo minas curado.

Petiscos com queijos para comer com vinho

Uma ótima jogada é apostar em servir o queijo como parte de alguma composição ou receita. Aquelas que fazem o maior sucesso no TudoReceitas são:

E tem ainda os rolinhos de queijo, cuja receita você pode conferir no vídeo abaixo:

Se gostou do artigo Queijos para comer com vinho, sugerimos que entre na nossa categoria de Queijos.

Bibliografia

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Queijos para comer com vinho
1 de 2
Queijos para comer com vinho

Voltar ao topo da página